Um outro dia normal

DSC00213Para quem leu o post anterior pode achar estranho o título deste aqui. Mas é isso mesmo, um outro dia normal, pois já considero normal eu estar fibrilado. Na manhã seguinte fui medir a pressão pois sabia que estava fibrilado (vejam no aparelho, o símbolo do coração tremendo). Fiz esses dois registros para publicar aqui no blog. Vejam, que apesar de estar fibrilado minha pressão estava boa (120/74) e o ritmo cardíaco, que, apesar de alterado pela fibrilação atrial, estava baixo em 75 batimentos por minuto.

Passar a noite fibrilado e acordar do mesmo jeito é terrível. Logo depois que fiz a medição e tomei um bom café, a fibrilação reverteu e daí passei o dia normal.

Ontem fui correr fibrilado. É uma aventura! Por mais condicionamento físico que se tenha a fibrilação reduz em uns 20-30% o desempenho para exercícios aeróbicos. As dores nas pernas logo surgem e fico cansado super rápido, mas mesmo assim sigo em frente.

Ao retornar da corrida e depois de um bom banho a arritmia reverteu. Da próxima vez que isso acontecer pretendo fazer o registro aqui no blog da pressão antes e depois do exercício.

Até mais!

Categorias: Uncategorized | 6 Comentários

Navegação de Posts

6 opiniões sobre “Um outro dia normal

  1. S.D.

    Neste momento estou a ter uma crise de fibrilação. Pulsação a 115. Começou de repente e pelo que estou habituada levará umas 4ou 5horas até reverter. Além do I!nderal 10 que tomei que dicas me dão? Já nem sei o que fazer!

  2. Luiz Cesar

    Ola
    Parabens pelo blog, conheci ele essa semana mas acompanhei seus posts anteriores, muitas informacoes vsliosas, obrigado mesmo
    Em um de seus primeiros posts, voce mencionou que nao sabia o motivo de ter essa arritmia e estava tentado descibrir, voce descobriu? Qual sua idade? Voce fez ablacao?
    Grande abraco

    • Estou com 39 anos, ainda não descobri o motivo da minha fibrilacao atrial e acho que nem vou descobrir descobrir, tenho que aceitar que é um problema elétrico no meu coração e se eu quiser resolver somente a ablação pode me dar uma chance já que os remédios não funcionam mais para mim. Ainda não fiz a ablação mas está nos planos, fico com receio que muitas pessoas fizeram e não resolveu nada, ou ainda pioraram, mas tem outras que ficaram boas.

      • Luiz Cesar

        Olha, eu sou o cara mais medroso do mundo, fiz uma menos complexa porem durou 4:30, para cauterizar uma dupla via nodal, sinceramente o procedimento foi tranquilo e faria dinovo numa boa. Faz isso sim, aproveita que é novoe mais forte nas recuperacoes, hoje ja esta bem evoluido esse procedimento, nso deixa piorar nao. Procura um bom especialista e elimina ou reduz esse problema.
        Tem coisas que temos que pensar nos exemplos que deram certo, senao nem sairia de carro na rua por causa dos acidentes
        Boa sorte mesmo

  3. José Nunes

    Bom dia

    Tenho andado nos últimos tempos com problemas de extrassistoles ventriculares que me têm deitado bastante abaixo. Dos testes que fiz (EKG, Holter, Eco), parece que não foi detetada fibrilação auricular, mas sim extassistoles ventriculares.

    Compreendo os seus comentários quanto ao mal estar, indisposição e cansaço sentidos.

    Tem algum cardeologista que me aconselhe?

    Muito obrigado e desejo de melhoras

    José

    • Cristiane Sampaio

      José Nunes, vc. quer indicação de cardio para qual estado, cidade? Abs.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: