Sobre mim

Meu nome é Luiz Fernando, nasci em Setembro de 1975 e sofro de fibrilação atrial. O objetivo do blog é de compartilhar um pouco o que eu sinto e como faço para conviver com esse problema que está aos poucos se tornando uma praga mundial.

Em meados de 2005 comecei a sentir meu coração bater diferente. Estava muito acelerado e as batidas descompassadas. Naturalmente, fiquei bastante preocupado, pois até então não tinha tido essa experiência. Tentei dentro do possível ficar calmo, e depois de um certo tempo voltou ao normal.

Uns meses depois, acordei me sentindo estranho novamente. Fui dirigindo ao trabalho, e ao chegar, cheguei a conclusão que não tinha condições de ficar trabalhando, estava começando a me sentir muito cansado, pensei que poderia desmaiar. Retornei para casa, e junto com minha mãe, fui ao hospital. Depois de fazer um eletrocardiograma, fui diagnosticado com fibrilação atrial. Desde lá, esse problema vem atormentando minha vida.

Além das arritmias tenho problema de tireoide. Mas parece não ter muita relação, pois o que poderia causar arritmias é o hipertireodismo, e eu tenho hipotireodismo.

Atualmente tomo duas medicações, o hormônio da tireoide que me eu não produzo (Puran T4 100mg), e o Ancoron 200mg para as arritmias. Faço exames de sangue duas vezes por ano para verificar o nível de T3, T4 e TSH, e uma vez por ano faço as revisões cardiológicas.

Esse blog tem como objetivo relatar minhas experiências com as arritmias cardíacas que venho sentindo nos últimos anos. Gostaria também que pessoas com o mesmo problema entrem em contato, para que possamos trocar experiências e quem sabe publicar suas histórias aqui neste mesmo blog.

383 Comentários

383 opiniões sobre “Sobre mim

Navegação de Comentários

  1. Gostei do seu blog, já o sigo à bastante tempo.
    Eu tenho um prolapso mitral e custumo ter extrasistoles com frequênica.

    Grande Abraço

  2. Bruno Caramelli

    Bom dia Luiz Fernando. Sou Bruno Caramelli, médico, professor universitário e pesquisador do InCor, da Faculdade de Medicina da USP. Estamos conduzindo um estudo clínico dirigido para investigar o possível benefício de um novo anticoagulante (Dabigatrana) em pacientes com fibrilação atrial e mais de 70 anos de idade. A base teórica do estudo é que indivíduos com fibrilação atrial apresentam deterioração cognitiva (piora de memória, capacidade de raciocínio e de cálculo) mais rapidamente do que pessoas sem esta doença. E este problema persiste mesmo para aqueles que estão recebendo anticoagulação com Varfarina (Marevan). Nossa hipótese é que a Dabigatrana, ainda que seja tão eficiente quanto a Varfarina em termos de prevenção ocorrência de derrame cerebral, possa ser SUPERIOR ou MELHOR do que ela em termos de prevenção de piora cognitiva pois oferece uma anticoagulação mais estável e eficiente. Esta anticoagulação poderia ser vital para prevenir a formação de coágulos menores que podem representar uma das causas potencialmente preveníveis de piora cognitiva. Tomei a inciativa de escrever para você, como administrador do Blog para perguntar se existe a possibilidade de fazer o convite a participantes do seu grupo com mais de 70 anos e que tenham interesse em participar.

    OBrigado pela atenção.

  3. Janaina Ferrari

    Bom dia a todos. Só para compartilhar tenho arritimia extrasistole, foi controlada com um Ortomolecular que dizia que era por irregularidade no hormonio da Tireoide. Nos exames o hormonio está certo, mas segundo ele os laboratorios mexeram nas tabelas de referencias e ele segue o da Europa e nao do Brasil. Melhorei 100%. Tive que parar com o tratamento por ser alto o valor da consulta, e agora voltei a sentir mas bem pouco mesmo, estou associando ao stress mesmo pois fiquei uma semana de ferias e nao senti nada! Outro diagnostico, que um dos cardiologistas me encaminhou para otorrino, pois como tenho desvio no septo, forço a respiracao e com isso o coracao. O otorrino concordou. Fica a dica, talvez o coracao esteja dando sinais de que outra parte do organismo precisa de ajuda e nao exatamente ele. Mas é super dificil encontrar medicos que nao queiram tratar somente do coracao, aí o remedio incha os pés…aí voce vai para um vascular que te dá outro remedio que ataca outro orgao, aí toma remedio para o outro orgao e assim é um ciclo vicioso que só melhora uma coisa e estraga outra. Pensem bem antes de se medicar!

  4. Leo

    Oi boa tarde amigo!gostaria de que fizesse um grupo no what’s sobre arritmia, se poder fazer me add 07196061804

  5. Minha mãe tem arritimias severa e está com 83 anos de idade, ela tomou ritimonorm que não ajudou mas piorou a arritimia e agora está tomando sotalol 160 , ele disse que se não resolvesse iria fazer uma ablação, estou muito desanimada, alguém já tomou essa medicação e resolveu?

    • Janaina Ferrari

      Bom dia. Tenho 40 anos…tenho arritimia extrasistole, nao sei se é o caso da sua mae. Iniciei com propanalol e por um ano resolveu,depois passou o efeito. Tomei outros que incharam muito os meus pés. Encontrei um endocrino ortomolecular que me deu umas formulas para a tireoide e hoje praticamente nao tenho mais arritimia. Muitos sintomas do coracao vem da tireoide, mas a medicina convencional nao trata, toma remedio pro coracao, incha os pés, toma um pro inchaco, atacou o rim toma remedio pro rim, e aí vai.

    • Jose

      Olá pra mim o ritmonorm foi uma maravilha mas tinha extra sistólica.

    • Leo

      Oi noa noite! Eu tomo sotalol a um bom tempo. Tenho arritimia e ja fiz 3 ablacoes sem sucesso.

  6. Synha

    O blog acabou?

  7. PAULO

    ACHEI O BLOG DE MUITA UTILIDADE! MINHA MULHER SOFRE DE F.A..É ACOMPNAHDA POR UMA ARRITMOLOGISTA.. AQUI A GENTE ENCONTRA ÓTIMAS RESPOSTAS.. PARA DIRIMIR NOSSAS DUVIDAS ..OBRIGADO !!!

  8. Jane przylepa

    Também tenho aritimià eo meu coração bate descompassado as vezes tenho medo e tomo esse medicameto mas e caro

  9. sergio

    gostaria de saber se ritimonor da problemas respiratorios pois me trato de arritimia e tomo este medicamento e tenho muita chiadeira no peito .

    • Marcelo

      Olá pessoal, meu nome é Marcelo, até hoje tive 02 episódios de Fibrilação Atrial, um em 2009 após um period emocional muito conturbado e um outro em 2014 provocado pelo uso de energéticos, me tratei por 02 anos com ritmonorm e agora minha cardio mudou para o Sotacor, estou me sentindo ótimo, pratico ciclismo e caminhada, me sinto muito bem.

  10. Lenilson

    olá Boa Noite não sei se algum de vcs tem conhecimento sobre o cloreto de magnésio para arritmias cardíacas o magnésio é o mestre dos minerais tem mais de 300 funções no organismo eu tomo e meus pais tbm pesquise e vejam o quão é importate

  11. riberto

    Meu nome e Roberto.Estou apavorado A uns 15 dias fui internado com arritimia batidas 150 por min. Mas eu já vinha sentindo o meu coração parecer que faltava uma batida.Ou seja vinha batendo e do nada faltava uma batida me trataram no hospital e mandaram tonar metoprolol 50 e procurar um cardiologista.tomo o remédio de manhã. A noite começa o desespero toda hora o coração falha tenho que tomar rivotril para dormir com medo de não acordar mais.Quando acordo de manhã diu graças a Deus Querem fazer ablação.Me ajudem por favor.robertholopes1956@gmail.com

    • Amiga ou faz a ablasao ou fica nos remedios p sempre, recomendo ablasao pois ja fiz e é tranquilo.

    • Janaina Ferrari

      Procure um homeopata ou ortomolecular. Algo me diz que o seu caso é panico, eu tive arritimia extra sistole desencadeada por nervoso. Tratei da tireoide com o ortomolecular e o medo de morrer do coracao com o homeopata. Hoje praticamente nao tenho mais nada.

    • Hosana Lopes

      já fiquei assim com medo de não acordar,deitava com dor no peito me sentindo muito mal e quando acordava dava graças a Deus!

  12. ana dora Gonçalves

    boa noite, tenho 49 anos eb em janeiro desde ano, sentada em meu sofa senti meu coração acelerar do nada, no começo não dei importância, mas comecei a sentir com frequência, procurei um cardiologista, fiz eletro não deu nada,ele pediu um holter, e acusou arritmia… ele me receitou atenolol de 25 mg, mas continuo sentindo os mesmos sintomas, vou voltar ao médico novamente.

  13. Bom dia

  14. Katia

    Oi,tudo bem?gostaria de compartilhar com vcs.Senti-me aliviada em ver quantos relatos iguais aos meus e que os medicos acham que é ansiedade.Fiz uma ablasao em 2007,mas voltei a ter uns ataques de arritmia supraventriculares.Fui para no hospital com 220 de batimentos.

    • Celia Bot Queiroz

      O meu coracao chegou a 295 batimentos…kkkk Tomo atenolol 50mg mas sinto meu coracao tremer!!

  15. maria Elisabete Pereira Brigo.

    Tenho um cunhado q sofre do mesmo problema.só q agora ele começou tomarpuran 100 .parece q piorou.será q não ta sendo muito forte.ou começaria com um de 25 ex.

  16. Soraia

    Não estou conseguindo lidar bem com essa situação pois vivo com medo que fibrile novamente. Tomo remédio para hipotireoidismo 75 mg e Selozok 25. Além disso tomo Angeliq para reposição hormonal. A vdd é que depois q fibrilei não me sinto normal. Impressão q tenho é que Selozok me derruba mas tenho medo de suspender. Vivo com pressão baixa e mal estar.

    • Leo

      Soraia boa noite! Eu tomava esse medicamento a um bom tempo mas agora o medico mudou. Esses remedios deixam sim a gente com imunidade baixa. Eu tomo e sei que minha saude nao esta a mesma. Eu nao tinha alguns problemas que agora eu tenho e a unica coisa que tomo sao os medicamentos do coracao.

  17. Soraia

    Também tive minha primeira fibrilação em 17/10/2015, depois em 03/12 e em 10/02/2016.

  18. Deli borges

    Oi tudo bem meu nome é Deli Borges eu também venho sofrendo muito com uma arritimia meu coração acontece de bater na velocidade normal mas com algumas falhas ou seja atropelo nas batidas tomo uma vez ao dia ancoron 200 mg mas não venho tendo ótimos resultados mas parece ter ajudado um pouco

  19. Sueli Soraia da Silva Gonçalves

    Olá Boa tarde! Meu nome é Sueli tenho 42 anos. Sou formada em enfermagem e hj faço graduação em psicologia. Eu tive febre reumática na infância que afetou minha mitral. Aos 09 anos fiz a primeira cirurgia aos 16 anos fiz a segunda cirurgia ambas colocando protese biologica e com 29 anos precisei fazer a terceira cirurgia. Onde optei pela prótese mitral mecânica, para não ter q ficar trocando ou abrindo o peito a cada dez anos, reconstui a tricuspide e tenho dupla disfunção aortica. Sofro de fibrilacao atrial há 09 anos, pois meu átrio esquerdo é aumentado, tomo diversos medicamentos além de exames de sangue a cada 15 ou 20 dias tomo anticoagulante e tenho restrição alimentar até com verduras. E até hj tomo Benzetacil a cada 21 dias.
    Caí numa depressão terrível e faço tratamento com psiquiatra para transtorno do pânico e TAG (transtorno de ansiedade generalizada). Deixei de exercer minha profissão que eu amo tanto pois tenho crises de arritmias até mesmo dormindo ou seja em total repouso. Eu sei mto bem como é a vida e o sofrimento de quem tem esses sintomas. Por isso decidi fazer psicologia pra cuidar somente de pacientes cardíacos. Estou no quarto semestre e pretendo me especializar em Medicina psicossomática. E assim como ajudei mta gente na enfermagem tmb quero ajudar na psicologia. Que Deus me de graça e força pra aguentar. Cheguei até a ganhar um prêmio como melhor enfermeira do hospital.

    • Deli borges

      Parabéns que Deus abençoe vc amiga eu sofro muito com minha arritimia que acaba me causando síndrome tambem

    • Cida Lima

      Parabéns Sueli, hoje foi a primeira vez que procurei um Blog para dividir e somar esse problema que eu tenho, começando a ler os depoimentos não poderia deixar de Parabeniza-la por ter essa atitude em querer ajudar a quem sofre tanto com esses problemas, que Deus a abençoe com forças para que termine seu curso e continue a ajudar quem precisa.

  20. Olá! Achei o Espinheiro Branco ( crataegus)no site: http://www.chaecia.com.br

  21. Carla

    Pessoal estou tomando Sotacor e depois que comecei engordei 10 kg, aconteceu com alguém, ou é incarnação minha?

    • Hosana

      Olá Carla! acho que o Sotacor e o Sotalol engordam mesmo eu engordei 20 quilos e hoje estou fazendo um tratamento pra emagrecer com uma nutricionista.

  22. Andreia ps

    Luiz Fernando, bom dia !
    É admirável vc conseguir correr fibrilando.
    Todas as vezes que sinto meu coração bater diferente ou uma rápida dor no peito, meu emocional vai lá no chão, meu dia acaba, começo a suar frio, uma sensação horrível … MEDO.
    Parabéns pela sua segurança!
    Abraços

  23. Maria de Jesus Rodrigues da Silva

    Gostaria que você me ajudasse, porque já estou com duas semanas que estou sentindo estes sintomas, se pode me ajuda agradeço muito…

    Maria

    • Ola Maria, o melhor mesmo é procurar ajuda médica. Este blog tem apenas a finalidade de compartilhar as experiências de pessoas com o problema da fibrilação atrial e de arritmias em geral. Pode ser apenas ansiedade, mas procure um cardiologista, ele irá pedir exames e somente depois disso é que você poderá saber se tem alguma coisa ou não.

  24. Amanda

    Ola pessoal, meu nome eh Amanda e tenho 27anos, comecei q sentir palpitaçoes irregulares dois meses apos o nascimento da minha filha, no holter apresentou extrasitoles isoladas e o medico me indicou o Sotalol 120, segundo o cardiologista isso aconteceu devido ao estresse e ansiedade, por um tempo me senti melhor, mas logo voltou a palpitaçao.. Isso me deixa mt triste e insegura, ja me pediram p procurar um psicologo, mas me recuso a pensar q tenho proplemas psicologicos!!! So rezo e peço a Deus q me de saude p eu cuidar da minha filha, fico apavorando achando q vou morrer!!!!
    Lendo os comentarios desse blog observei o grande numero d pessoas c esse problema e de certa forma eh bom,saber q nao,estou so…
    gostaria de montar um grupo no whatsapp p gente conversar sobre isto!!
    deixem os numeros quem quiser participar!!!!
    q Deus abençoe a todos!

    • Andreia ps

      Olá Amanda! Entendo o que você sente, tenho uma filha também e a primeira vez que tive um episódio de fibrilacao atrial aguda, ela chamou o socorro, mesmo sendo uma criança.
      Acho que procurar um psicólogo, além do acompanhamento com o cardiologista, não é uma má idéia. Tenho uma consulta com.um psiquiatra na próxima semana, essa FA me causou pânico e não consigo mais manter o controle. Agora, provavelmente, vou precisar de algum remédio para reverter esse quadro. Procure ajuda enquanto está no início.
      Boa Sorte!
      ABS.

    • Joaquim Trece Martins

      Olá Amanda. me chamo Joaquim e tenho 65 anos. Sofro palpitações há cerca de 5 anos com vários episódios de FAP. Acho muito válida sua idéia de montar um grupo whatsapp de pessoas que sofrem desses incômodos e gostaria de participar do grupo porque sinto que a troca de experiências sobre a assunto pode ser muito útil além de criar solidariedade entre nós. Deixo meu E-mail, caso você organize o grupo e queira me incluir, por favor, entre em contato e lhe mando meu zap. Desde já agradeço, atenciosamente,
      Joaquim Trece Martins.

      Meu E-mail: trecemart@yahoo.com.br

      • Roberto

        Meu nome é Roberto Gostaria de participar do grupo.Para poder compartilhar meus medos e aprender a lhe dar com esse incômodo. Entre em contato que lhe mabdo meu zap robertholopes1956@gmail.com

    • Deli borges

      Fica calma amiga também tenho isso é eu sei que é horrível. .vc montou o grupo no zap?tem quantas pessoas

    • Elian

      082 991397583

    • celia bot queiroz

      Vamos montar um grupo??? Sera otimo!!

      • Célia e Amanda, já foi feita uma tentativa de montar um grupo uma vez, porém, por incrível que possa parecer, houve desentendimento entre os membros do grupo e decidi acabar com o mesmo. Talvez no futuro eu crie outro. A ideia do grupo seria compartilhar as experiências de quem sofre com a fibrilação atrial ou outra arritmia. O problema é que o grupo com o tempo acaba desvirtuando, e se fala de tudo que é assunto, desde futebol a política, além do envio de mensagens de correntes e similares o que acaba entupindo o grupo com informações desnecessárias.

  25. Roberto Tropiano

    Se ofereceram já é um milagre,porque aqui na minha cidade,eu é que tive que falar em varias farmácias que eles tinham o genérico na prateleira. E eu já troquei pelo genérico a uns 4 meses e não teve nenhum problema.O principio ativo e o mesmo.Se alguém já o fez e não deu certo passe a informação.O genérico tem o preço mais generoso(até parece redundancia)

  26. olá Luiz, eu tive febre reumática na infância, os médicos não diagnosticaram e com isso, uma bactéria se alojou em minha válvula mitral. Fiz cirurgia para reparo, em 1992 e durante a cirurgia tive um AVC, que me deixou em coma por 8 dias. Desde então passei a usar anticoagulante oral e fui diagnosticada com fibrilação crônica, faço uso de Lasix e Atenolol, mas tb já usei Ancoron, Miodaron, Digoxina…etc, etc…Hoje me encontro com insuficiência nas válvulas mitral, tricúspede e aórtica com previsão para cirurgia sem data, pois depende do andamento de minha saúde. Faço exame de sangue TAP tds os meses para ver a coagulação, que tem que estar entre 2 e 3 por cento ou seja hipocoagulada. Faço tratamento no Hospital Dante Pazzanese, em São Paulo.

  27. Flavia

    Vcs tem grupo no whats?

Navegação de Comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: